Com ataques a Barroso, Bolsonaro confirma “terrivelmente evangélico” André Mendonça no STF

Lambe-botas oficial do presidente, André Mendonça será alçado ao cargo com um objetivo claro: barrar a prisão de Bolsonaro quando se acumularem processos contra os crimes que comete enquanto ocupa o Palácio do Planalto.

Após voltar a atacar o ministro Luís Roberto Barroso durante a motociata em Porto Alegre no fim de semana, Jair Bolsonaro (Sem partido) vai confirmar nesta segunda-feira (12) a indicação do nome do Advogado-Geral da União, André Mendonça, para a cadeira deixada por Marco Aurélio Mello no Supremo Tribunal Federal (STF).

Lambe-botas oficial do presidente, André Mendonça será alçado ao cargo com um objetivo claro: barrar a prisão de Bolsonaro quando se acumularem processos contra os crimes que comete enquanto ocupa o Palácio do Planalto.

Embora insista na tese da fraude em 2022 para se perpetuar no poder, Bolsonaro sabe que um dia deixará a Presidência e precisará de escudeiros leais nas instituições – em especial no STF – para evitar que seja levada para trás das grades.

Acompanhe as principais notícias desta segunda-feira (12) no Fórum Café.

Apresentação: Plínio Teodoro

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR