O que o brasileiro pensa?
06 de julho de 2020, 17h35

Com menor contágio que o Brasil, Alemanha mantém uso de máscara obrigatório

Medida vetada por Bolsonaro é considerada pela chanceler alemã Angela Merkel “essencial para manter baixo o número de infecções” de coronavírus

Foto: Reprodução/Facebook

O uso de máscara continua obrigatório na Alemanha para conter a transmissão do coronavírus. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (6) pelos secretários estaduais de Saúde e pelo ministro da Saúde do país, Jens Spahn, após a chanceler Angela Merkel defender a medida.

Com a taxa de contágio baixa, alguns líderes locais passaram a pedir a suspensão antecipada pelo menos em estabelecimentos comerciais, para estimular economia. Nesta segunda, Merkel reagiu às propostas e reafirmou a importância do uso de máscara em espaços públicos, principalmente em locais e situações em que a distância mínima não pode ser mantida.

“As máscaras são um meio importante e, do ponto de vista atual, essenciais para manter baixo o número de infecções”, afirmou Merkel.

A Alemanha realiza mais testes, tem menos casos e há semanas apresenta uma taxa de contágio menor que a do Brasil. Mesmo assim, as autoridades alemãs decidiram prolongar as mesmas regras que o presidente Jair Bolsonaro optou por não aplicar aos brasileiros.

Na última sexta-feira (3), ao sancionar a lei sobre o tema aprovada pelo Congresso, Bolsonaro vetou o trecho que determina o uso obrigatório de máscara em estabelecimentos comerciais, indústrias, instituições de ensino, templos religiosos, órgãos e entidades públicos e qualquer espaço fechado onde exista reunião de pessoas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum