Confusão em loja do Burguer King deixa funcionários e clientes feridos; veja vídeos

Briga generalizada aconteceu na madrugada de sábado teve agressões com objetos e vários envolvidos

Funcionárias de uma unidade da lanchonete Burger King em São Paulo foram agredidas na madrugada deste sábado (20) por clientes em uma confusão generalizada. A loja fica na zona leste de São Paulo.

Vídeo feito por testemunhas mostra quando as pessoas envolvidas no conflito derrubam equipamentos no balcão, agridem funcionários e ainda brigam com outros clientes que estavam na lanchonete. Há cenas de trocas de socos, agressões com objetos e uma funcionária aparece tirando um esfregão da frente do balcão.

Outro vídeo do momento da confusão mostra o ângulo de dentro do balcão e revela o horário da briga: por volta das 3h da madrugada do dia 20, sábado. Ali, é possível ver os envolvidos na briga entrando atrás do balcão e se aproximando dos funcionários, que tentavam se proteger.

As funcionárias feridas, de 18 e 21 anos, que foram agredidas por clientes, entre eles um adolescente de 17 anos, segundo o G1. Elas foram levadas ao AMA da Sé para atendimento médico.

Já o adolescente teria dito a agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) que estava na lanchonete com a namorada e o irmão quando foi ao balcão reclamar da demora de seu pedido. Neste momento, segundo ele, uma das funcionárias fez um gesto com o dedo em riste, o que teria dado início a uma briga entre eles.

Veja os vídeos abaixo.

Em nota enviada à Fórum, a empresa disse: “Com relação ao ocorrido na madrugada deste sábado em nossa unidade da Radial Leste, o Burger King esclarece que está colaborando com as investigações para garantir que as medidas cabíveis sejam tomadas. A companhia já abriu boletim de ocorrência  e busca a responsabilização dos envolvidos. Repudiamos a violência, a depredação e a ausência do respeito – esse que é o princípio de todas as relações humanas.”

Com informações do G1

Publicidade
Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR