Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de janeiro de 2015, 13h47

Conheça as 80 pessoas tão ricas quanto 50% do planeta

A lista corresponde aos bilionários dos setores de tecnologia, varejo, finanças e extrativista. O Brasil conta com dois representantes

A lista corresponde aos bilionários dos setores de tecnologia, varejo, finanças e extrativista. O Brasil conta com dois representantes

Por Redação, com informações de FiveThirtyEight

80 igual 3,6 bilhões. Essa é a equivalência da riqueza das pessoas mais ricas com os 50% mais pobres do mundo. O relatório publicado pela organização britânica Oxfam, que teve como base um estudo da Credit Suisse, empresa de serviços financeiros suíça, e a famosa lista anual da Forbes sobre bilionários, afirma que desde 2009 a riqueza dessas 80 pessoas praticamente dobrou nesse período. Enquanto a “riqueza” desses 3,6 bilhões diminuiu. Apenas quatro anos atrás precisava-se de 388 bilionários mundiais para corresponder à renda da metade da população mais pobre.

Destrinchando a lista, observa-se que 35 desses 80 são cidadãos dos EUA e suas riquezas somadas estão na ordem de 941 bilhões de dólares. Os norte-americanos são seguidos por alemães e russos, cada um com sete indivíduos bilionários – o Brasil conta com dois representantes na seleta lista: Jorge Paulo Lemann e Joseph Safra. 90% da lista é de homens e 68 deles têm mais de 50 anos. A indústria extrativista (petróleo, gás, minérios) contém 11 representantes; finanças também tem 11, assim como os que simplesmente herdaram seus bilhões.

Ainda de acordo com a Oxfam, a tendência é piorar, e logo: em 2016 esse 1% terá a mesma riqueza que os 99% restantes da população mundial.

Confira abaixo a seleta lista com essas 80 pessoas:

RANKING           NOME                                                 RIQUEZA 2014 (BILHÕES)    PAÍS                                         SELF-MADE                                       SETOR


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum