Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de fevereiro de 2020, 10h43

Considerado o “Sergio Moro” argentino, juiz de 8 das 9 ações contra Cristina Kirchner morre de câncer

Claudio Bonadio, que faleceu na manhã desta terça, se encontrava afastado dos casos por problemas de saúde desde o ano passado

O juiz argentino Claudio Bonadio (Foto: Página/12)

Na manhã desta terça-feira (4), a Argentina foi sacudida pela notícia do falecimento do juiz federal Claudio Bonadio, aos 64 anos, em decorrência de um tumor cerebral.

Bonadio foi uma das mais importantes figuras políticas do país, e a mais importante dentro do Poder Judiciário, ao ser responsável por oito das nove ações na Justiça Federal contra Cristina Kirchner, ex-presidenta (entre 2007 e 2015) e atual vice-presidenta, ao ser eleita no ano passado junto com Alberto Fernández.

Também era o responsável por outros 3 processos envolvendo funcionários dos governos kirchneristas. Sua atuação contra Cristina e outras figuras do seu partido o transformaram em símbolo do lawfare em seu país, assim como Sergio Moro no Brasil – com a diferença de que nunca assumiu um cargo no governo de Mauricio Macri.

Nos últimos cinco anos, Bonadio chegou a decretar três pedidos de prisão contra Kirchner, os quais não se realizaram efetivamente graças à imunidade parlamentar que ela possui como senadora.

Com a sua morte, as oito ações que ele administrava devem ser sorteadas novamente entre os magistrados da Justiça Federal. Uma das polêmicas envolvendo a sua figura era justamente o fato de ter sido escolhido em quase todas as ações envolvendo Cristina durante os quatro anos do macrismo.

Atualmente, os processos contra a ex-presidenta estão nas mãos do juiz substituto Sebastián Casanello, que assumiu todos os trabalhos de Bonadio temporariamente durante sua licença médica.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum