Coronavírus: Rússia diz que já tem vacina pronta e começa distribuição em 2 semanas

Em agosto, a vacina desenvolvida pelo Centro Gamalei seria aplicada somente no país. Venda a outras nações deve se iniciar em setembro. Agência russa afirma que estado do Paraná é um dos interessados

A Rússia anunciou nesta terça-feira que pretende iniciar a distribuição da vacina desenvolvida pelo Centro Gamalei, cujo processo de desenvolvimento foi concluído há cerca de 10 dias.

Segundo o Ministério da Saúde da Rússia, a data prevista para o início da distribuição dos lotes em todo o país é o dia 11 de agosto, ou seja, dentro de 2 semanas.

O governo russo também esclarece que os lotes disponíveis para serem distribuídos durante o mês de agosto e meados de setembro cobrirão apenas a demanda local. Em setembro, o país espera ter novos lotes, com os quais pretende permitir a venda da vacina para outros países dispostos a comprá-la.

Ao menos 7 países já mostraram interesse em comprar a vacina russa: Argentina, Nicarágua, Venezuela, México, Sérvia, Eritéria e Turcomenistão.

O site Sputnik News, que costuma publicar informações de agências de notícias russas, informou que o estado do Paraná também teria consultado a Rússia para saber como adquirir algumas doses da vacina.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR