Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de Maio de 2016, 17h06

Cuba: “O que ocorre no Brasil faz parte da contraofensiva reacionária do imperialismo”

Em comunicado, o governo cubano denuncia o caráter golpista que permeia o processo de impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff e declara solidariedade ao povo brasileiro, bem como a Dilma, Lula e o Partido dos Trabalhadores. Leia

Por Gramna

O Governo Revolucionário da República de Cuba tem denunciado de maneira reiterada o golpe de estado parlamentar-judicial, disfarçado de legalidade, que se gera há vários meses no Brasil. Hoje foi consumado um passo fundamental para os objetivos golpistas. A maioria dos senadores brasileiros determinou continuar o processo de julgamento político contra a presidenta legitimamente eleita do Brasil, Dilma Rousseff, e com isso, afastá-la “provisoriamente” de seu cargo por um período de até 180 dias, em que o Senado deve decidir, mediante o voto de dois terços de seus integrantes, a destituição definitiva.

Trata-se, realmente, de um ardil montado por setores da oligarquia nesse país, apoiados pela grande imprensa reacionária e o imperialismo, com o propósito de reverter o projeto político do Partido dos Trabalhadores, derrubar o governo legítimo e usurpar o poder que não puderam obter com o voto eleitoral.

O que ocorre no Brasil faz parte da contraofensiva reacionária do imperialismo e a oligarquia contra os governos revolucionários e progressistas da América Latina e o Caribe, que ameaça a paz e a estabilidade das nações, contravindo o espírito e a letra da Proclamação da América Latina e o Caribe como Zona de Paz, assinada na 2ª Cúpula da Celac, em janeiro de 2014 em Havana pelos chefes de Estado e de governo da região.

Tal como expressou o presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros da República de Cuba, general-de-exército Raúl Castro Ruz, no encerramento do 6º Período Ordinário de Sessões da Assembleia Nacional do Poder Popular, em 29 de dezembro passado: “A história demonstra que quando a direita chega ao governo não duvida na hora de desmontar as políticas sociais, beneficiar os ricos, restabelecer o neoliberalismo e aplicar cruéis terapias de choque contra os trabalhadores, as mulheres e os jovens”.

O povo brasileiro, as forças políticas de esquerda e os combativos movimentos sociais dessa nação rechaçam o golpe e se oporão a qualquer tentativa de desmontar os importantes programas sociais desenvolvidos pelos governos do Partido dos Trabalhadores, com Lula e Dilma na frente, como “Bolsa Família”, “Mais Médicos”, “Minha Casa-Minha Vida” e “Fome Zero”, que mudaram a vida de dezenas de milhões de pessoas nesse país.

Dilma, Lula, o Partido dos Trabalhadores e o povo de Brasil contam e contarão sempre com toda a solidariedade de Cuba.

Havana, 12 de maio de 2016

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum