Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de Maio de 2016, 13h04

Criminalização da política: entre o golpe no Brasil e a investida internacional

Teatro Tucarena, em São Paulo, sedia debate que contará com a presença de Reginaldo Nasser, professor do Departamento de Relações Internacionais da PUC-SP, e Luiza Erundina, deputada federal pelo PSOL e ex-prefeita de São Paulo

Por Redação

Acontece nesta segunda-feira (16), às 19h, em São Paulo, o debate “Criminalização da política: entre o golpe no Brasil e a investida internacional”. Promovido pelo Coletivo Conexões em Luta, o evento vai discutir o golpe institucional dado no Brasil e o avanço do conservadorismo no país.

“Na atual conjuntura brasileira, estamos presenciando um processo de golpe institucional que tem trazido à tona diversas consequências terríveis: o levante de movimentos organizados de caráter fascista, agressões gratuitas em praça pública contra seguidores de ideologias de esquerda, ódio social contra aqueles historicamente oprimidos e forte repressão policial. Embora esse avanço das pautas conservadoras seja novidade para nós, a verdade é que não estamos isolados no mundo – o que pode ser constatado pelo preocupante crescimento das forças de extrema-direita tanto na Europa quanto nos Estados Unidos. Como entender e, mais importante, combater esse fenômeno?”, diz o texto na página do evento no Facebook.

O encontro terá a presença de Reginaldo Nasser, professor do Departamento de Relações Internacionais da PUC-SP, e de Luiza Erundina, deputada federal pelo PSOL e ex-prefeita de São Paulo.

Serviço
Debate Criminalização da política: entre o golpe no Brasil e a investida internacional
Quando: às 19h de segunda-feira (16)
Onde: Teatro Tucarena
Rua Monte Alegre, 1024

Foto de capa: Antonio Augusto / Câmara dos Deputados

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum