Fórumcast, o podcast da Fórum
05 de abril de 2017, 09h37

Dilma: “Gosto muito de João Santana e vou ter muitas dificuldades se ele falar coisas que não são reais”

"Por que eu pagaria R$ 70 milhões para o João Santana em caixa um [valor declarado oficialmente ao TSE] e R$ 20 milhões em caixa dois? Por que, hein?", questiona Dilma.

“Por que eu pagaria R$ 70 milhões para o João Santana em caixa um [valor declarado oficialmente ao TSE] e R$ 20 milhões em caixa dois? Por que, hein?”, questiona Dilma.

Da Redação com Informações da Coluna de Mônica Bérgamo

De acordo com a coluna de Mônica Bérgamo, que publicou nesta terça-feira (04), longa entrevista com ela, a presidenta afastada Dilma Roussef diz que gosta “muito” do marqueteiro João Santana e que vai ter “muita dificuldade” se ele “falar coisas que não são reais” sobre ela numa delação premiada.

A coluna diz ainda que:

Nesta terça (4) o procurador-geral eleitoral, Nicolau Dino, tornou público que o depoimento do jornalista já foi homologado pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Ele será agora ouvido no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Dilma, que esmiuçou o depoimento de Marcelo Odebrecht ao TSE e fez por escrito comentários sobre cada item, diz acreditar que existia uma conta-corrente, mas não entre o empreiteiro e a campanha dela e sim entre Odebrecht “e quem dirigia a operação do João Santana, que todos diziam que era a Mônica Moura [mulher do marqueteiro]”.

Ela chegou à conclusão por trechos do depoimento em que Odebrecht “fala que pagava o João Santana dois, três anos depois [de serviços prestados em campanhas eleitorais]. Se é verdade isso, há uma conta corrente porque tem fluxo constante de caixa”, afirma.

Ela refuta também a afirmação do empreiteiro de que R$ 20 milhões foram pagos a Santana no caixa dois pelo marketing da campanha presidencial de 2014. “Por que eu pagaria R$ 70 milhões para o João Santana em caixa um [valor declarado oficialmente ao TSE] e R$ 20 milhões em caixa dois? Por que, hein?”, questiona.

E o advogado de Santana, Fábio Tofic, renunciou à defesa do marqueteiro depois da divulgação de que o depoimento dele já tinha sido homologado pelo STF. Tofic é contra delação premiada e não conduziu as negociações.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum