No rastro do óleo do Nordeste
16 de março de 2016, 16h55

Dilma: há mais de 5 anos tentam me separar do ex-presidente Lula

Presidenta considera o antecessor um reforço para seu governo e diz que ele será importante por ser um hábil articulador

Presidenta considera o antecessor um reforço para seu governo e diz que ele será importante por ser um hábil articulador

Da Redação

Em sua primeira entrevista coletiva após o anúncio de que o ex-presidente Lula será ministro-chefe da Casa Civil, a presidenta Dilma Rousseff destacou, nesta quarta-feira (16/03), que ele terá papel importante na articulação do governo, devido à sua experiência e habilidade na articulação política. Para ela, as críticas à escolha vem de pessoas que não querem o fortalecimento de seu governo.

Ela destacou que os compromissos do novo ministro são os mesmos de todo o governo, com a estabilidade fiscal e a retomada do crescimento. A presidenta negou também as especulações sobre uma reforma ministerial, especialmente na parte econômica.

Segundo a presidenta, não haverá nenhuma disputa de poder entre ela e Lula. “Não existe isso entre a gente, somos duas pessoas que estão a serviço de um projeto para o Brasil”, afirmou. Ela destacou que teve um convívio diário de seis anos com o ex-presidente e garantiu estar muito feliz de voltar a trabalhar tão próxima a ele.

Dilma também ironizou os textos de determinados colunistas políticos, que insistiam na tese de que havia um racha entre ela e o antecessor. “Há mais de 5 anos tentam me separar do presidente Lula”, afirmou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum