Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de junho de 2016, 10h06

Dilma pede inclusão das gravações de Machado no processo de impeachment

Ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, entregou ontem (1) a defesa da presidenta; ele pediu ainda a suspeição de Antonio Anastasia (PMDB-MG), relator da comissão do impeachment no Senado.

Ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo entregou ontem (1) a defesa da presidenta; ele pediu ainda a suspeição de Antonio Anastasia (PMDB-MG), relator da comissão do impeachment no Senado

Por Redação

O ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, pediu nesta quarta-feira (1) ao Senado que as gravações realizadas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, sejam incluídas no processo de impeachment que tramita na Casa. Cardozo, responsável pela defesa da presidenta Dilma Rousseff, requeriu ainda a suspeição do relator da comissão, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Machado gravou conversas com o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e com o ex-senador José Sarney (PMDB-AP), que indicavam que a intenção do impeachment seria paralisar as investigações da Operação Lava Jato. A ação da Polícia Federal apura desvios de recursos da Petrobras e tem revelado o envolvimento de figuras importantes da política no esquema.

O documento entregue pela defesa de Dilma possui 372 páginas. O texto afirma que as pedaladas fiscais não configuram crime de responsabilidade e que o processo de impedimento possui “vícios de origem”, já que teria sido aberto por vingança do então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Nesta quinta-feira (2), a comissão especial do impeachment se reúne para discutir o cronograma de atividades desta etapa do processo, em que os parlamentares decidem se a denúncia contra Dilma é ou não procedente e se deve ou não ser levada a julgamento final.

Foto de capa: Roberto Stuckert Filho


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum