Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de fevereiro de 2020, 10h54

Ditadura boliviana prende advogada de Evo Morales

Patricia Hermosa foi presa e levada pela ditadura por tentar inscrever a candidatura de Evo Morales Esta é a segunda vez que a advogada do ex-presidente boliviano é presa sem justificativa

A advogada Patricia Hermosa (Foto: El Deber)

Nesta sexta-feira (31), a polícia boliviana invadiu a casa da advogada Patricia Hermosa e confiscou dois computadores e uma série de documentos que ela tinha em seu poder. Hermosa é a representante legal do ex-presidente Evo Morales na Bolívia e preparava uma solicitação para inscrevê-lo nas próximas eleições como candidato a algum cargo legislativo – se especula que para a Câmara dos Deputados.

Morales foi um dos primeiros a reagir à prisão arbitrária de sua advogada: “denuncio à comunidade internacional a detenção ilegal de minha advogada Patricia Hermosa, responsável por realizar os trâmites para minha candidatura à Assembleia e o sequestro de toda a minha documentação pessoas, incluindo meu comprovante do serviço militar. #DictaduraEnBolivia”.

A advogada Nadia Cruz, da Defensoria do Povo da Bolívia, foi convocada às pressas para defender Hermosa, e acusou a ditadura boliviana de atentar contra Evo Morales e sua advogada. Segundo Cruz, o coronel da polícia que confiscou os computadores e os documentos de Morales o fez de forma ilegal e arbitrária, sem que existisse uma ordem fiscal ou judicial.

Além disso, Cruz informou que os efetivos bolivianos disseram que transportariam advogada à sede da Força Especial de Luta Contra o Crime, mas essa informação não é verdadeira, e atualmente se desconhece o seu paradeiro.

Esta não é a primeira vez que Patricia Hermosa é presa pela ditadura de Jeanine Añez. Em 3 de dezembro de 2019, ela foi detida para averiguação por manter contatos telefônicos com Evo Morales, nas vésperas da viagem do ex-presidente a Buenos Aires, pela qual ele trocou o asilo político no México pelo na Argentina.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum