Dos EUA, Allan dos Santos ameaça Luís Roberto Barroso: “Vira homem”

Blogueiro bolsonarista aproveitou que está fora do país para desafiar presidente do TSE; veja o vídeo

O alvo do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos nesta terça-feira (24) foi o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso.

Em seu canal no YouTube Terça Livre, Allan desafiou Barroso a tirar o termo “digital” do processo no qual se refere ao blogueiro e a outros investigados por fake news de “milicianos digitais” e “terroristas digitais”.

Ele falava que Barroso os qualificava como “terroristas digitais” para não sofrer uma ação judicial. E então veio a cena em que ele, aos berros, ameaçou o ministro. Mas, lembrando, bem de longe, pois o blogueiro fugiu para os Estados Unidos.

“Tira o digital se você tem colhão. Tira a porra do digital e cresce. Dá nome aos bois. De uma vez por todas, Barroso, vira homem!”, vociferou o bolsonarista. “Tira a porra do digital e bota só terrorista para você ver o que a gente faz com você. Tá na hora de falar grosso nessa porra”, gritou durante programa de seu canal.

Veja o trecho em que Allan tem o ataque, postado pelo perfil do Twitter GentedeMal:

Uma fala de Barroso na semana passada deve ter sido a origem do “chilique” de Allan dos Santos. Ao comentar o possível ataque hacker aos sistemas do TSE, o presidente da corte afirmou: “Milícias digitais entraram imediatamente em ação tentando desacreditar o sistema. Há suspeita de articulação de grupos extremistas que se empenham em desacreditar as instituições, clamam pela volta da ditadura e muitos deles são investigados pelo STF (Supremo Tribunal Federal)”.

A teoria das urnas

No programa em que desafiou e ameaçou o presidente do TSE, Allan se dedicou a levantar dúvidas sobre a segurança das urnas eletrônicas, como tem sido praxe na tropa bolsonarista.

Para reforçar seu argumento, mostrou um artigo do jornalista da Fox News Tucker Carlsson, em que ele afirmava categoricamente que as eleições dos Estados Unidos deste ano foram fraudadas e que as urnas eletrônicas não são seguras.

Publicidade

A Fox foi uma das únicas emissoras a apoiar Donald Trump durante seu governo. E mesmo ela não embarcou na tese do republicano de que ele ganhou as eleições deste ano – vencidas por seu oponente, o democrata Joe Biden.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR