Fórum Educação
27 de março de 2020, 21h35

Eduardo Bolsonaro divulga proposta de usar Forças Armadas contra governadores de RJ e SP

Deputado filho do presidente amplificou mensagem de senador carioca contra Doria e Witzel

Eduardo Bolsonaro (Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) expressou apoio em suas redes sociais a uma proposta de colocar as Forças Armadas contra os governadores Wilson Witzel (Rio de Janeiro) e João Doria (São Paulo).

“Senador Arolde de Oliveira @AroldeOliveira (PSC-RJ) defende medida constitucional com uso das Forças Armadas para conter lambanças de governadores do Rio e SP, Witzel e Dória. *OBS: o Senador é do mesmo partido de Witzel.”, disse o filho do presidente Jair Bolsonaro, em uma publicação na noite de hoje, em sua conta no Twitter.

Eduardo Bolsonaro errou o partido de Arolde, que é do PSD, mas, de fato, o senador defendeu o uso dos militares contra os governadores, em mensagem publicada ontem, na mesma rede social.

“Os governadores do RJ e de SP se elegeram nas costas de @jairbolsonaro e agora são seus maiores detratores e inimigos do Brasil. Querem o caos, mas antes que isso ocorra as FFAA entrarão em cena para Garantia da Lei e da Ordem, segundo a Constituição Federal. Muito triste”, diz a mensagem de Arolde.

Doria e Witzel têm adotado medidas mais restritivas de isolamento, conforme recomendado pela ampla maioria das autoridades e especialistas de saúde nacionais e internacionais, assim como outros governadores. Esta posição tem irritado o presidente Jair Bolsonaro, que atua contra o isolamento generalizado, o que já rendeu confrontos verbais e por medidas administrativas entre o executivo e os Estados.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum