Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
27 de abril de 2016, 21h34

Em ato de insurgência a Cunha, Erundina senta na cadeira da presidência da Câmara

Com o intuito de barrar mais uma manobra do presidente da Câmara dos Deputados, Erundina (PSOL-SP) e outras parlamentares ocuparam a mesa do plenário e obrigaram Cunha a suspender a sessão.

Com o intuito de barrar mais uma manobra do presidente da Câmara dos Deputados, Erundina (PSOL-SP) e outras parlamentares ocuparam a mesa do plenário e obrigaram Cunha a suspender a sessão. Deputadas o acusam de atropelar uma votação de criação de comissões da Mulher, do Idoso, da Criança e do Adolescente, da Juventude e Minorias. “Não queremos que nossas questões sejam decididas por homens”, disse a psolista

Por Redação

Sob a liderança da deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP), deputadas federais se rebelaram, na noite desta quarta-feira (27), contra o que consideram mais um golpe do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Aos gritos de “é golpe!”, Erundina sentou na cadeira de Cunha e ocupou, junto com outras parlamentares, a mesa do plenário, obrigando o presidente a suspender a sessão.

De acordo com a psolista, Cunha queria criar uma comissão de mulheres sem ter discutido os termos desta comissão com a bancada feminina, o que colocaria em risco “conquistas históricas” das mulheres.

“Para interromper esse golpe e impedir que fossem decididas questões de nosso interesse sem a nossa participação, viemos para cá. Estamos submetidas a decisões de homens, não queremos que nossas questões sejam decididas pelos homens. Pelo menos discutam conosco. Isso não é justo e não vamos permitir”, disse a deputada.

Pelo Facebook, seu correligionário, o deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ), elogiou a atitude e ironizou.

“Em tempo: Erundina ficou muito bem naquela cadeira”.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum