Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de janeiro de 2020, 20h09

Em cinco meses, litoral brasileiro já teve mais de mil localidades atingidas por óleo

Segundo muitas organizações ambientalistas, a ação (ou falta dela) do governo de Jair Bolsonaro, tem sido uma das responsáveis pela falta de resultados no combate ao problema

Foto: Wilfred Gadelha

As manchas de petróleo que começaram a ser encontradas no litoral brasileiro desde agosto de 2019 continuam sendo um problema para as cidades costeiras.

Nesta semana, o município de Pacatuba, em Sergipe, se tornou a milésima cidade a sofrer com o problema. E já não é o último, segundo o Ibama: outras quatro localidades foram atingidas. Portanto, já são 1004 os locais no Nordeste e Sudeste do Brasil afetados pelo óleo.

Segundo muitas organizações ambientalistas, a ação (ou falta dela) do governo de Jair Bolsonaro, tem sido uma das responsáveis pela falta de resultados no combate ao problema. Em abril de 2019, o Planalto acabou com os comitês integrantes do Plano Nacional de Contingência para Incidentes de Poluição (PNC), que poderiam ter levado a melhores resultados.

Vale lembrar, também, que a postura do governo tem visado se desfazer das responsabilidades pelo acontecido. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, chegou a acusar o Greenpeace e outros grupos ambientalistas pela presença do petróleo no litoral brasileiro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum