Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de junho de 2015, 17h36

Em sessão sobre maioridade penal, manifestantes são atacados com gás de pimenta na Câmara

A sessão da comissão especial que discutia a PEC 171 na Câmara dos Deputados, nesta tarde, teve que ser suspensa depois que dezenas de manifestantes foram expulsos das galerias, na base da violência, pela Polícia Legislativa; até mesmo deputados tiveram que ser atendidos pelo departamento médico da Casa. Manifestantes falam em "vitória" por terem impedido a votação. Assista ao vídeo

A sessão da comissão especial que discutia a PEC 171 na Câmara dos Deputados, nesta tarde, teve que ser suspensa depois que dezenas de manifestantes foram expulsos das galerias, na base da violência, pela Polícia Legislativa; até mesmo deputados tiveram que ser atendidos pelo departamento médico da Casa. Manifestantes falam em “vitória” por terem impedido a votação. Assista ao vídeo 

Por Redação 

Terminou há pouco, na Câmara dos Deputados, a sessão da comissão especial que discutia a PEC 171/93, que trata da redução da maioridade penal. A discussão foi interrompida por conta da violência que se instaurou no plenário depois que a Polícia Legislativa começou a atacar manifestantes com violência física e spray de pimenta na tentativa de expulsá-los das galerias.

Os manifestantes, em sua maioria jovens, protestavam contra a proposta de reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos. Com faixas e cartazes, eles gritava palavras de ordem contra a proposta e chegaram a entrar em conflito verbal com alguns parlamentares. O presidente da comissão, André Moura (PSC-SE), então, determinou que os presentes fossem expulsos e, com a resistência, a Casa se transformou em um “cenário de guerra”, conforme descrito pelo deputado Chico Alencar (PSOL-RJ).

“Faltam espaços de diálogo, mas sobra violência! A sessão da comissão especial da PEC 171 acabou de se transformar num cenário de guerra e teve de ser suspensa. Após manifestação de grupos contra a redução da maioridade penal, a Polícia Legislativa usou gás de pimenta contra todos no recinto! Nosso repúdio completo à atitude da mesa, e da segurança, que jogou gás de pimenta dentro de uma sala fechada”, escreveu no seu perfil do Facebook. 

Dezenas dos jovens manifestantes, por conta dos efeitos do gás, tiveram que ser atendidos pelo departamento médico. Há relatos, inclusive, de parlamentares que precisaram do atendimento por conta do spray lançado em uma sala fechada.

Apesar das cenas de violência, os manifestantes contrários à proposta de redução da maioridade penal consideraram a atitude uma vitória, uma vez que a sessão foi suspensa e a votação teve que ser adiada.

“Juventude sai VITORIOSA e impede votação da redução da maioridade penal. Seguranças da Casa usam até spray de pimenta e truculência para afastar os movimentos sociais!!! JUVENTUDE AGUERRIDA!”, disse a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ). 

Juventude sai VITORIOSA e impede votação da redução da maioridade penal. Seguranças da Casa usam até spray de pimenta e truculência para afastar os movimentos sociais!!! JUVENTUDE AGUERRIDA!

Posted by Jandira Feghali on Wednesday, 10 June 2015

Uma nova sessão da comissão será remarcada para acontecer ainda essa semana.

Foto: Câmara dos Deputados 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum