Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de dezembro de 2016, 10h59

Empresa machista desafia mulheres em ação desastrada de marketing digital

Poucas vezes se viu uma marca ir tão longe no desrespeito às mulheres: loja de móveis do Rio de Janeiro lançou um "desafio" às feministas e tem gerado revolta nas redes sociais. Entenda.

Poucas vezes se viu uma marca ir tão longe no desrespeito às mulheres: loja de móveis do Rio de Janeiro lançou um “desafio” às feministas e tem gerado revolta nas redes sociais. Entenda

Por Redação

A empresa carioca Alezzia Móveis já começou errado, ao utilizar corpos femininos para divulgar seus produtos, em uma ação de marketing extremamente machista. No entanto, não parou por aí.

A polêmica envolvendo a marca teve início com o comentário do empresário Alexandre do Nascimento, que trabalha na loja. Ele afirmou em um grupo do Facebook que mulheres não eram boas designers.

Indignada, a jovem Bruna Bones reclamou na página da Alezzia sobre a postura retrógrada e preconceituosa. A resposta veio em tom de sarcasmo. A marca não só debochou da usuária como lançou um desafio a ela.

machista2Se conseguisse baixar a nota da empresa no Facebook para 1.1 até janeiro de 2017, Bruna ganharia R$ 10 mil para gastar em produtos na loja virtual. A garota divulgou o fato nas redes sociais e afirmou que, se ganhasse, reverteria o valor para ações feministas.

O que não se esperava é que a Alezzia fosse tão longe nessa brincadeira de mau gosto. De forma apelativa, a marca postou que, se vencesse o desafio, faria a doação para a Associação de Apoio à Criança com Deficiência (AACD) para tentar sensibilizar o público a dar notas maiores na rede social.

Você gosta de ler a Fórum? Então vai pra Cuba! Fique sócio agora e concorra a uma viagem por nossa conta em 2017.

Os funcionários, inclusive, passaram a pedir ajuda em grupos anti-feministas para se juntarem à campanha. Com isso, receberam centenas de mensagens de apoio, com tom de discriminação e ódio às mulheres. Até o fechamento desta matéria, a empresa contava com a nota 2,5 (do total de 5), em um total de 180 mil avaliações.

Fotos: Reprodução – Facebook Alezzia


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum