Tava demorando: Envenenamento de Bolsonaro é tese espalhada pelo Gabinete do Ódio

Aparato digital extremista difunde nas redes que excesso de chumbo foi detectado no sangue do presidente. Roberto Jefferson já compartilhou e diz que vai “cortar cabeças”. Mentira se propaga no ambiente virtual

Quem acompanha a avalanche de mentiras propagadas nas redes bolsonaristas já estava estranhando não ter surgido alguma teoria mirabolante passadas 24 horas da internação do presidente por conta de uma obstrução intestinal.

Pois bem. Demorou, mas a fake news da vez já está rolando.

Perfis de apoio ao presidente espalham, desde a manhã desta quinta-feira (15), uma versão de que um exame de sangue de Jair Bolsonaro indicou a presença de elevados níveis de chumbo, um metal pesado altamente tóxico para o ser humano.

A bobajada encontrou eco nas redes e parece ter sido impulsionada por uma postagem realizada ontem pelo jornalista ultrarreacionário Rodrigo Constantino, que escreveu no Twitter que, se fosse o presidente, pediria um exame toxicológico já que “para os defensores de Cuba, tudo é possível”, recomendando ao chefe do Executivo brasileiro redobrar sua atenção com a segurança pessoal.

Em perfis dos filhos de Bolsonaro, e no oficial do Ministério da Defesa, dezenas de seguidores bolsonaristas pedem desesperados que informação inventada seja logo confirmada e questionam como teria sido possível envenenar o líder extremista, ventilando teorias sobre como o chumbo teria ido parar nas refeições presidenciais.

Mensagens com conteúdos idênticos também se proliferam por meio de perfis fake, em português e espanhol, numa mistureba que envolve PT, PSOL, Cuba, Venezuela e Hugo Chávez.

Quem deu ouvidos à conspiração virtual foi ex-deputado Roberto Jefferson, condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva na chamada Ação Penal 470. Bob Jeff, como gosta de ser referido, tornou-se um bolsonarista ultrarradical nos últimos tempos. Ele aproveitou para junto com a mentira que espalhou, lançar também umas bravatas violentas, dizendo que “cortaria a cabeça” de quem supostamente envenenou o presidente.

Notícias relacionadas

Avatar de Henrique Rodrigues

Henrique Rodrigues

Jornalista e professor de Literatura Brasileira.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR