Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de fevereiro de 2012, 19h13

Espaço solidário

Projeto Costurando o Futuro mobiliza mulheres no AcreUm grupo de mulheres iniciou em 2003 sua luta em defesa do Lago do Amapá, local próximo de Rio Branco, a capital do Acre, e um dos cartões postais ecológicos do estado. Em 2005 conseguiram a transformação da região em Área de Proteção Ambiental (APA), com um espaço de 5.600 hectares, onde vivem mais de 1.500 pessoas. É nesse contexto que surge a Associação dos Moradores e Produtores Rurais da Estrada do Amapá (Amprea).
Atualmente, a associação conta com cerca de 240 famílias associadas e sua presidente é Terezinha Silva. Há dois anos, ela teve a ideia de criar um projeto para discutir a importância da preservação do meio ambiente, unindo a geração de trabalho e renda à sustentabilidade, melhorando a qualidade de vida das mulheres da comunidade. Nascia o Costurando o Futuro, promovido em conjunto com o governo do estado do Acre e o Sebrae, estimulando iniciativas de economia solidária na região. As mulheres que integram o projeto passaram por um processo de capacitação para a produção de artigos artesanais em ofi cinas.
Inicialmente, a sede do projeto era um local improvisado, exatamente embaixo da casa da presidente da Amprea. Mas logo foi construído o Centro de Formação da APA, o novo local de produção do projeto e também escritório da associação de moradores, que conta também com uma quadra poliesportiva da comunidade. Saiba mais sobre o projeto Costurando o Futuro pelo telefone: (68) 9207-3833.

Banda curitibana lança novo álbum e adere aos “negócios abertos”
Poléxia é uma banda de Curitiba que desde 2003 tem se consolidado como uma boa novidade no cenário musical. Após seu primeiro e interessante disco O avesso, a banda acaba de lançar A força do hábito. O álbum traz 45 minutos daquelas músicas que não saem da sua cabeça e que chamam a atenção pelas boas letras e melodias. E o melhor é que a banda acaba de aderir aos “negócios abertos”, disponibilizando gratuitamente na página eletrônica da Poléxia os seus discos (www.polexia.com.br). E para os que ouviram, gostaram e querem dar uma força, vale comprar o álbum ou faixas dele, no Trevo Digital: www.trevodigital. com.br/polexia.

Camapetbiju
A Camapetbiju é resultado da parceria entre o curso de Desenho Industrial da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científi co e Tecnológico (CNPq) e o Centro de Arte e Meio Ambiente (Camapet). A cooperativa produz bijuterias a partir de embalagens plásticas do tipo PET, com o objetivo de gerar renda para jovens catadores de materiais recicláveis. O projeto-piloto nasceu de uma experiência realizada na disciplina Desenvolvimento de Projeto de Produto III, que integra a grade do Curso de Desenho Industrial da Uneb, aliando a teoria de 19 universitários à prática de quatro cooperativados do Camapet. “Nossas aulas duraram um semestre e criamos as peças em conjunto”, conta Jovane Bispo, um dos cooperados a participar do Curso de Desenho Industrial da Uneb.
O resultado dessa junção de diferentes conhecimentos e realidades são as coleções de bijuterias da cooperativa. A última coleção da Camapetbiju, a Pérola Negra, foi inspirada em personalidades negras da cultura baiana e inclui brincos, pulseiras, colares e outros acessórios, todos de material pet que foram expostos e comercializados em feiras de economia solidária e eventos. Além de bijuterias, a cooperativa produz artefatos com outros tipos de resíduos como: jarros, luminárias, porta-objetos, pufes e trabalhos de decoração de ambientes.
Para viabilizar o desenvolvimento de produtos próprios e contribuir para a sustentabilidade dos empreendimentos, o chamado método educativo de Paulo Freire é utilizado para fomentar um design participativo e original, a partir dos princípios da utilização do potencial criativo da história e cultura local, da sustentabilidade e da construção do conhecimento, em condições igualitárias entre cooperados, professores e estudantes.
A Camapetbiju fi ca na rua Luís Maria, Baixa do Fiscal, Salvador (BA). Telefone: (71) 3313-5542. Acesse o site da cooperativa: www.camapetbiju.xpg.com.br ou encaminhe um e-mail para camapetbiju@yahoo.com.br


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags