Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de dezembro de 2015, 19h41

Estudantes fazem manifestação em defesa da educação em São Paulo

Mesmo com o adiamento da reorganização da rede estadual, que iria fechar 94 unidades, manifestações continuam; estudantes mantém a ocupação de 40 escolas

Por Bruno Bocchini, da Agência Brasil

Estudantes da rede pública de ensino do estado de São Paulo voltaram a fazer nesta segunda-feira (21) uma manifestação na capital paulista em defesa da educação. O ato foi convocado pelo Comando das Escolas em Luta, composto pelos estudantes que participam das ocupações. Segundo a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, há atualmente 40 escolas ocupadas por estudantes.

Eles criticam a reorganização escolar proposta pelo governo do estado e revogada no início do mês, mas que deve ser implementada em 2017. Os estudantes pedem ainda que alunos e pais sejam ouvidos e participem da gestão escolar no estado. “Queremos que o governo abandone a ideia da reorganização. E reivindicamos a nossa participação e dos pais na administração escolar”, disse a estudante Marcela Jesus, da Escola João Kopker, na Luz, em São Paulo.

Os alunos estavam concentrados às 18h30 no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), de onde sairiam em passeata.

O projeto da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, já revogado, previa o fechamento de 94 escolas e a transferência de cerca de 311 mil estudantes para instituições de ensino na região onde moram. O objetivo da reorganização, segundo a secretaria, era segmentar as unidades em três grupos, conforme a idade e o ano escolar. De acordo com o órgão, a segmentação poderia melhorar o rendimento dos alunos.

Em nota, a secretaria disse que tem atuado para entregar escolas melhores, com ambientes mais preparados para cada faixa etária e com profissionais capacitados para atender os estudantes. De acordo com a secretaria, manter os alunos da mesma idade juntos é prática comum de alguns dos melhores colégios do país e de países referência em educação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum