Entrevista exclusiva com Lula
05 de agosto de 2015, 19h42

EUA controlam 90% das comunicações e vigiam informações há quase meio século, diz site

Sistema foi criado para espionar comunicações via satélite da União Soviética e se concentrava nos sinais eletrônicos de potências ocidentais

Sistema foi criado para espionar comunicações via satélite da União Soviética e se concentrava nos sinais eletrônicos de potências ocidentais

Por Opera Mundi

Desde 1966, meios de comunicações como transmissões por satélite ou telegrafia são espionadas pelos Estados Unidos. O programa segue ativo e funciona ainda hoje, tendo o controle de 90% das comunicações a nível mundial através de 120 estações fixas e satélites geoestacionários. É o que revela o jornalista Duncan Campbell no site The Intercept.

Em seu artigo, o jornalista britânico conta a história do sistema de vigilância, também conhecido como Projeto P415 e expõe elementos filtrados pelo ex-contratista da NSA Edward Snowden, refugiado atualmente na Rússia.

Fonte:  Washington Post e Vox

Fonte: Washington Post e Vox

Os documentos confirmam que o mecanismo foi criado na década de 1960, logo após o início da operação de satélites de comunicação na órbita terrestre. A rede, batizada de Frosting, tinha dois programas principais: o Transient, destinado às comunicações via satélite da União Soviética, e o Echelon, que se concentrava nos sinais eletrônicos de potências ocidentais.

Assim, Echelon foi, por anos, um serviço de espionagem por meio do qual eram interceptadas transmissões por satélite ou telegrafia com a comunicação de milhões de pessoas. O programa utilizava sistemas avançados para buscar palavras chaves e frases que pudesse ter informação relevante.

Campbell relata que conheceu Echelon durante uma viagem que fez em 1988 aos Estados Unidos, quando foi informado sobre o sistema de vigilância operado em conjunto por serviços de inteligência britânicos e norte-americanos.

Com o tempo, ambos os programas foram fundidos no Fornsat.

De acordo com Campbell, “desde o começo de minhas investigações [as redes de vigilância] revelaram um alcance inimaginável da vigilância governamental, convivência e encobrimento pelos governos britânicos e norte-americano. A NSA e seus sócios a fizeram para que tudo o que comunicamos pudesse ser potencialmente analisado”.

O Echelon ainda está ativo e funciona tendo controle de 90% das comunicações em todo o mundo, como revelou Snowden anteriormente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum