Entrevista exclusiva com Lula
20 de novembro de 2019, 06h42

Ex-ministro do STF diz que Palocci mentiu sobre Thomaz Bastos

Preso na operação Lava Jato, ex-ministro da Fazenda diz ter recebido propina do advogado

Eros Grau foi contratado pela família do ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Batos para defendê-lo das acusações feitas por Antônio Palocci, que diz ter pago propina em 2011 para arquivar uma operação que investigava a construtora Camargo Corrêa. De acordo com a petição feita por Grau 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, Palocci mentiu em sua delação premiada.

Thomaz Bastos, morto em 2014, advogou para construtora e teria pedido ajuda para o ex-ministro da Fazenda ajudar para que as investigações contra a empresa fossem suspensas. O Superior Tribunal de Justiça acatou o pedido e o caso foi arquivado. Como prova da acusação, Palocci usou um documento no qual mostrava que havia assinado um contrato com o escritório de Thomaz Bastos que serviria apenas para acobertar o pagamento da propina.

Porém, a mesma documentação já tinha sido apresentada por Palocci para se defender em uma outra investigação, aberta em 2011, que apurava as consultorias que prestava para empresários. “As afirmações de Antonio Palocci em sua delação são inverídicas e consubstanciam fraude processual afrontosa à honra de Márcio Thomaz Bastos”, diz a petição assinada pelo ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Eros Grau.

A família do ex-ministro da Justiça quer que seja revogada a quebra do sigilo bancário e fiscal do advogado, que foi determinada na semana passada. Ainda é pedido que o Ministério Público Federal analise os novos documentos apresentados à Justiça.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum