Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de agosto de 2015, 13h28

Ex-parceiro de Lobão diz que cantor está em processo de “decadência patética”

O letrista e poeta Bernardo Vilhena, autor de “Vida Bandida”, critica Lobão por substituir o refrão original por “Dilma Bandida” em seus shows; para ele, versão é “canhestra, machista e covarde”

Por Redação

O letrista e poeta Bernardo Vilhena, ex-parceiro de Lobão, utilizou o Facebook no último domingo (16) para fazer um desabafo. Ele chamou de “canhestra, machista e covarde” a releitura que o cantor tem feito em seus shows da canção “Vida Bandida”, composta em 1975 por Vilhena e musicada em 1987 pelo roqueiro. Nas apresentações, Lobão substitui o refrão original por “Dilma Bandida”, em referência à atual presidenta.

“Pelo que fui informado, não posso impedi-lo de cantar esta sua versão de ‘Vida Bandida’ em apresentações ao vivo. Já declarei pela imprensa, mais de uma vez, que só voltaria a respeitá-lo quando parasse de cantar minhas canções em seus shows. De nada adiantou”, escreveu o compositor. “Diante deste quadro, só me resta assistir à decadência patética e desprovida de qualquer elegância deste meu ex-parceiro que foi buscar abrigo para sua flagrante fraqueza no ninho da serpente.”

Em entrevista ao jornal O Globo, Vilhena disse ainda que ficou “indignado quando soube” das modificações que o roqueiro havia feito na letra. “Além disso, eu discordo da posição política de Lobão”, completou.

Confira, abaixo, o post de Vilhena em seu Facebook:

O poema Vida Bandida foi escrito em 1975 e virou canção em 1987. Recentemente, fui alertado sobre uma versão canhestra,…

Posted by Bernardo Vilhena on Domingo, 16 de agosto de 2015

(Foto: Reprodução/Facebook)


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum