Fórumcast #20
28 de novembro de 2014, 09h29

FAO homenageia Brasil por progressos na luta contra a fome

Outros 12 países serão premiados pela organização ligada à ONU.

Outros 12 países serão premiados pela organização ligada à ONU

Da Agência Brasil

O Brasil e mais doze países serão homenageados no domingo (30) pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) como os mais novos a entrarem na lista dos que obtiveram progressos recentes na luta contra a fome. A cerimônia será na sede da FAO, em Roma.

Em nota, a organização informou que além do Brasil, serão homenageados Camarões, a Etiópia, o Gabão, a Gâmbia, o Irã, Kiribati, a Malásia, Mauritânia, as Ilhas Maurícias, o México, as Filipinas e o Uruguai.

Na ocasião, o diretor-geral da FAO, o brasileiro José Graziano da Silva, entregará um certificado a representantes desses países, que incluem a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome do Brasil, Tereza Campello, o vice-presidente de Gâmbia, Isatou Njie-Saidy, e o ministro da Agricultura e do Desenvolvimento Rural de Camarões, Menye Essimi.

Há duas categorias de prêmios a serem oferecidos – um aos países que, segundo as estimativas da FAO, atingiram o primeiro dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que é o de reduzir à metade a proporção de pessoas subnutridas até 2015.

Veja também:  Efeito Argentina: Com golpe renda de brasileiros desaba e leva 23,3 milhões de volta à pobreza

Outro prêmio será atribuído aos países que alcançaram antecipadamente uma meta ainda mais ambiciosa, estabelecida pela Conferência Mundial da Alimentação – a de diminuir à metade o número absoluto da fome até 2015.

O Brasil, Camarões e o Uruguai estão nessa segunda lista, de acordo com o comunicado.

A FAO é uma organização intergovernamental que conta com 194 Estados-Membros, dois associados e uma organização, a União Europeia. A essência de suas atividades é alcançar a segurança alimentar para todos e garantir que as pessoas tenham acesso a alimentos de boa qualidade para que possam levar uma vida ativa e saudável.

Foto de capa: Reprodução/Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS)


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum