Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de fevereiro de 2020, 08h15

Fernando Haddad chama presidente de “Bolsonavírus”

Em seu artigo na Folha, petista classifica Bolsonaro como um “vírus oportunista”, que tem, “seus alvos preferenciais”: mulheres, pobres, pretos, nordestinos, LBGTs, professores, jornalistas, cientistas e artistas

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (Foto: Reprodução/GloboNews)

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), usou o Twitter para divulgar seu artigo na Folha de S. Paulo, intitulado “Bolsonavírus”. O petista não poupou críticas ao presidente.

“Bolsonavírus: nada mais errôneo do que considerar Bolsonaro um acidente de percurso. Ele é a recidiva agressiva de nossas patologias insuperadas, em face de um sistema imunológico debilitado”, diz uma das postagens.

Haddad ainda afirma: “Ele tanto intui isso que as mentiras que dissemina não são camufladas, o que lhe permite aferir com precisão o grau de adesão cega a seu movimento pestilento”.

Vírus oportunista

Em seu artigo, ele classifica Bolsonaro como um “vírus oportunista”, que tem, “seus alvos preferenciais”: mulheres, pobres, pretos, nordestinos, LBGTs, professores, jornalistas, cientistas, artistas etc., “ou seja, todos aqueles que representam, de alguma forma, uma ameaça, ainda que difusa, ao status quo são considerados inimigos”. 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum