Fórum Educação
03 de abril de 2020, 22h03

#ForaMandetta: Ministro vira alvo no Twitter após contrariar Bolsonaro

Movimentação dos perfis sugere campanha coordenada e com robôs

Jair Bolsonaro e Luiz Henrique Mandetta - Foto: Carolina Antunes/PR

Depois de mais um dia de atrito com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, virou alvo de ataques organizados no Twitter na noite desta sexta-feira (3).

Na noite da última quinta (2), Mandetta discutiu com Bolsonaro por telefone. O presidente teria exigido a demissão e o ministro respondido “o senhor que me demita”. Na tarde desta sexta, Mandetta deu uma coletiva de imprensa onde pediu que as pessoas “atendam às recomendações dos governadores dos seus estados” sobre as medidas de contenção ao coronavírus. O ministro afirmou não enxergar um momento propício para flexibilizar o isolamento, contrariando o presidente.

Foi o suficiente para que #ForaMadetta subisse no Twitter, no início da noite. Até às 22h, a mensagem era a quinta mais utilizada no Brasil, presente em mais de 20,8 mil publicações. Algumas contas verificadas pela Fórum aparentavam ser robôs, pela velocidade de publicação e pelos conteúdos.

Entre as mensagens que acompanhavam a hashtag, frases em defesa de Bolsonaro, contra o isolamento e o fechamento do comércio, algumas críticas diretas à falta de “alinhamento do ministro”, a defesa irresponsável de remédios não testados e a teoria conspiratória que culpa o comunismo pelo coronavírus. Parte dos perfis inserem o Fora Mandetta a partir de publicação de um dos filhos do presidente, Carlos Bolsonaro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum