Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de setembro de 2016, 18h23

Gilmar Mendes critica prisão de Guido Mantega: “O pedido foi confuso”

Segundo o ministro do STF, não havia sinal de que Guido Mantega estaria interferindo nas investigações ou planejando fugir do Brasil

Por Victor Labaki

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, criticou nesta sexta-feira (23) o pedido de prisão temporária do ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, solicitado pelo juiz Sérgio Moto. Para Mendes, a prisão temporária foi “confusa”.

“Se não houver justificativa, como ameaça de fuga, sumiço de provas, obstrução da Justiça, não se justifica a prisão preventiva. O pedido de ontem foi confuso. Caso se queira fazer a prisão apenas para ouvir a pessoa, então é um exagero. Nós não temos esse tipo de prisão no Brasil”, afirmou o ministro antes de participar de um debate em São Paulo sobre a política de drogas no Brasil.

Ele ainda completou dizendo que “não havia sinal” de que Mantega estava planejando interferir mas investigações ou fugir do país.

“Você pode intimar a pessoa a comparecer, não havia sinal de que ele (Mantega) estava planejando fugir, se negando a comparecer”, disse.

Mendes disse que achou estranho ainda o motivo que levou Sérgio Moro a revogar o pedido de prisão cinco horas depois sob a justificativa de que não sabia que a esposa do ex-ministro estava sendo submetida a uma cirurgia.

“Todo hora temos no País pais sendo presos, que deixam filhos, mulheres em casa. Isso não é justificativa para soltar ninguém”, completou.

Entenda o caso

Na última quinta-feira (22), o ex-ministro da Fazenda e do Planejamento, Guido Mantega, foi preso na 34ª fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Mantega estava no hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, acompanhando a esposa em cirurgia quando foi preso.

Depois de cinco horas de decretada, o juiz federal Sérgio Moro mandou revogar a prisão do ex-ministro sob a justificativa de que não sabia que ele estava acompanhando a esposa em um procedimento cirúrgico.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum