domingo, 20 set 2020
Publicidade

Glenn critica Moro por omissão após declarações de Eduardo Bolsonaro sobre AI-5: “submissão e silêncio”

O jornalista Glenn Greenwald usou o Twitter para criticar o ex-juiz Sérgio Moro. Na avaliação do editor do The Intercept, o atual ministro da Justiça de Jair Bolsonaro tinha obrigação de se posicionar, após declarações do deputado Eduardo Bolsonaro, em defesa de “um novo AI-5”.

“Políticos de todo o espectro ideológico condenaram a sugestão de Eduardo Bolsonaro de que o Brasil precisa de um novo AI-5. Uma pessoa que permanece em sua postura habitual de submissão e silêncio: Sérgio Moro, que costumava fingir ser um defensor da democracia brasileira”, postou Glenn.

Saiba o que foi o AI-5

Radicalização

Em entrevista à jornalista Leda Nagle, Eduardo Bolsonaro falou abertamente sobre a possibilidade da instituição de “um novo AI-5” como resposta ao que ele classifica como “radicalização da esquerda”.

“Tudo é culpa do Bolsonaro. Se a esquerda radicalizar a esse ponto, a gente vai precisar ter uma resposta e uma resposta ela pode ser via um novo AI-5”, afirmou ele.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.