terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Governador do RS diz no Roda Viva que não se arrepende de ter votado em Bolsonaro

Embora critique a postura do presidente Jair Bolsonaro na crise do coronavírus, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (20) que não se arrepende de ter votado e declarado apoio publicamente a ele na eleição de 2018.

“Não tenho arrependimento porque dada aquela circunstância, naquela situação, acho que seria muito ruim um retorno do PT ao poder”, afirmou Leite, no programa “Roda Viva”, da TV Cultura.

No entanto, o governador admite que o governo Jair Bolsonaro “errou” no combate à covid-19. “O governo federal errou. Não foi só uma omissão, foi confronto”, disse, destacando no programa o incentivo a aglomerações, os embates com governadores e outras ações do presidente.

Leite avalia que a pandemia, como uma guerra, demanda a “união contra um adversário comum”, mas as atitudes do presidente levaram a “um aprofundamento da divisão do povo brasileiro”, ainda em referência ao cenário político de 2018. “A pandemia deixa como marcas, além das mortes e da questão econômica, o aprofundamento da divisão”, completou.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.