Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2012, 09h48

Greve dos bancários continua

A assembléia dos bancários, realizada ontem, 20, decidiu continuar a greve, na expectativa de que os banqueiros melhorem a contraproposta salarial, que oferece reajuste de 9% para salários de até R$ 1,5 mil e de 7,5% para quem ganha acima disso. Os bancários reivindicam 14% em todos os níveis.

Segundo a Contraf, a Fenaban só enrolou e não apresentou nenhuma proposta na rodada de negociação desta segunda-feira,  durante o 12° dia da greve nacional da categoria. E marcou nova negociação para as 18h desta terça-feira 21.

"Isso que os bancos fizeram nesta segunda-feira é muito grave num processo de negociação e é inadmissível", critica Vagner Freitas, presidente da Contraf/CUT e coordenador do Comando Nacional dos Bancários. "A nossa resposta será a intensificação da greve em todos os locais de trabalho e em todo o país. Só a pressão muito forte da categoria forçará os banqueiros a apresentarem uma proposta."

"Esperamos que o desfecho da campanha se dê no campo da negociação e que essa enrolação não seja uma tática dos bancos para buscar uma saída nos tribunais. Isso seria um grande retrocesso que não vamos aceitar", adverte Vagner Freitas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags