Fórumcast #20
18 de agosto de 2016, 20h24

“Mostra, mais uma vez, desconhecer a cidade”, diz Haddad sobre Dória, que quer cortar secretarias

Mais cedo o candidato tucano disse que se for eleito vai acabar com as pastas voltadas à juventude, mulheres, LGBT, Negros e de Pessoas com Deficiência. À Fórum, Haddad rebateu. Confira 

Por Victor Labaki

O atual prefeito e candidato a reeleição Fernando Haddad (PT) rebateu a declaração do também candidato à Prefeitura de São Paulo João Dória (PSDB). Mais cedo o tucano tinha afirmado que se for eleito irá acabar com as pastas voltadas à juventude, mulheres, LGBT, Negros e de Pessoas com Deficiência.

“As políticas públicas serão mantidas integralmente, mas não os penduricalhos”, disse o candidato tucano e apresentador de TV, se referindo a cargos, como de motorista e secretária, das coordenações de políticas voltadas à minorias da secretaria municipal de Direitos Humanos. “Tudo isso é custo. Para quê? Gerar status? Prefiro gerar política pública”, disse Dória em seu terceiro dia de campanha oficial.

Dória quer acabar com pastas como as de Mulheres, LGBT e Pessoas com Deficiência

Haddad enviou uma resposta à Fórum e disse que “Dória mostra desconhecer a cidade ao propor a extinção de seis secretarias que sequer existem”.

Veja também:  Novo arrependido: Aguinaldo Silva que defendeu Bolsonaro agora reclama de censura

“Nós iremos reforçar as políticas para mulheres, pessoas com deficiência, população LGBT, jovens e de igualdade racial. O candidato João Dória mostra mais uma vez desconhecer a cidade. Das seis secretarias citadas por ele, três sequer existem”, disse o atual prefeito.

Foto de Capa: Rovena Rosa/Agência Brasil


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum