Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de dezembro de 2016, 11h28

Imigrante africano é agredido por homens brancos em SP

Agressões aconteceram na manhã da última quarta-feira (30) e um dos homens ainda tinha um taco de beisebol.

Por Redação

Na manhã da última quarta-feira (30), um imigrante africano foi agredido por quatro homens brancos em uma rua do centro de São Paulo. Ele foi abordado pelos agressores quando voltava para casa, que pediram para ele entrar no carro, inicialmente de forma cordial. Quando o imigrante se recusou e tentou se desvencilhar da abordagem, começou a ser espancado. Um dos homens ainda tinha um taco de beisebol.

Os agressores só pararam de agredi-lo quando pessoas em situação de rua começaram a gritar e denunciar as agressões.

Ele conseguiu chegar em casa e entrar em contato com alguns amigos que o acompanharam no hospital para realizar exames. O resultado dos exames não indicaram nenhuma lesão e complicação e o agredido pôde voltar para casa.

O Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes (CRAI) prestou ajuda ao imigrante e disse, através de uma nota, que repudia as agressões.

“A motivação do ataque ainda é desconhecida, mas é importante ressaltar que os índices de violência no Brasil são sempre mais altos quando se trata de jovens negros. Além disso, as diferentes camadas de vulnerabilidade na condição de vida dos imigrantes no Brasil têm exposto muitos deles a uma série de situações de violência e opressão. O CRAI/Sefras repudia esse e outros ataques que já aconteceram contra imigrantes em nossa cidade e apela à sociedade paulistana para que se posicione sempre em solidariedade aos oprimidos da nossa terra”, escreveram.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum