Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de julho de 2016, 10h47

Importação de armas e calibres mais potentes é a nova política de segurança de SP

Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, negocia com o Exército uma licitação internacional para a compra dos armamentos.

Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, negocia com o Exército uma licitação internacional para a compra dos armamentos

Por Redação

Na noite de ontem (11), o secretário de Segurança do Estado de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho, afirmou estar em negociações com o Exército Brasileiro para fazer licitação internacional de compra de armamentos e ter acesso a calibres mais potentes.

Para o secretário, a aquisição desses armamentos internacionais e de maior força podem trazer mais segurança para os cidadãos paulistas. As negociações dão continuidade às políticas coordenadas pelo secretário de Segurança anterior e atual ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

Em entrevista à Agência Brasil, Mágino alegou que a letalidade da polícia no Estado diminuiu nos últimos dois anos e que, na verdade, o que aumentou foi o “número de confrontos”. Questionado sobre a insegurança da população com as mortes ocasionadas por PMs, o secretário defendeu a corporação. “Eu não posso aceitar a afirmação de que a polícia mata”, ressaltou.

Foto: Gabriel de Andrade Fernandes (Flickr)


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum