Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de outubro de 2019, 07h49

Intimidação de Villas Bôas ao STF pode ter efeito reverso, dizem ministros

O julgamento de três Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs), que questionam a prisão de pessoas depois de condenadas em segunda instância, pode beneficiar diretamente o ex-presidente Lula

General Villas Boas e Sergio Moro (Reprodução/Twitter)

A nova intimidação ao Supremo Tribunal Federal (STF) lançada nas redes sociais pelo general Eduardo Villas Bôas na noite desta quarta-feira (16) pode ter efeito reverso na corte, segundo os próprios ministros, que devem iniciar nesta quinta-feira o julgamento sobre a constitucionalidade da prisão em segunda instância.

Segundo informações da coluna painel, da jornalista Daniela Lima, na Folha de S.Paulo, desta vez, a chance de a pressão surtir efeito contrário é grande.

Villas Bôas repetiu o gesto de intimidação que fez em 2018 às vésperas do julgamento de um habeas corpus do ex-presidente Lula.

Nesta quarta, o militar, atual assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), disse que ““é preciso manter a energia que nos move em direção à paz social, sob pena de que o povo brasileiro venha a cair outra vez no desalento e na eventual convulsão social”.

O julgamento de três Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs), que questionam a prisão de pessoas depois de condenadas em segunda instância, pode beneficiar diretamente o ex-presidente Lula.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum