Fórum Educação
07 de janeiro de 2020, 23h30

Irã deve atacar Dubai e Haifa em caso de reação dos EUA

Até o momento, a Casa Branca ainda não emitiu nenhuma declaração oficial a respeito do contra-ataque iraniano. Tampouco o fizeram Israel e Emirados Árabes

Reprodução/Al Jazeera

Em uma mensagem publicada em seu Twitter, o jornalista estadunidense Richard Engel, chefe dos correspondentes estrangeiros do canal NBC, alertou sobre como o Irã está preparado para uma escalada ainda maior de ataques caso os Estados Unidos resolvam fazer um uma retaliação ao contragolpe desta terça-feira (7).

Segundo Engel, “o Irã ameaça com uma escalada em massa. Atacar mais bases no Iraque, para ajudar o Hezbollah, liberar milícias xiitas no Iraque, além de atacar Israel e Dubai. Deixa claro que está pronto para uma campanha generalizada, se a tensão aumentar, com uma resposta dos Estados Unidos”.

Coincidindo com esta mensagem, a Guarda Revolucionária do Irã (GRI) lançou um comunicado minutos depois do ataque desta terça, dizendo que “nunca vai separar o ‘regime sionista’ dos crimes cometidos pelos Estados Unidos (…) e o regime sionista igualmente responsável pelo assassinato do general Soleimani”. Vale lembrar que o ataque desta terça foi uma resposta ao assassinato do general iraniano Qassem Soleimani, em ataque dos Estados Unidos no dia 2 de janeiro, com autorização do presidente Donald Trump.

Até o momento, a Casa Branca ainda não emitiu nenhuma declaração oficial a respeito do ataque iraniano. Tampouco o fizeram Israel e Emirados Árabes, a partir da revelação de Engel.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum