Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de fevereiro de 2012, 19h04

Israel testa novas bombas em Gaza

Além da utilização de fósforo branco, proibido pelas convenções internacionais sobre armamento mas utilizado pelos Estados Unidos nos bombardeamentos sobre o Iraque, Israel está a testar novas armas nos ataques que tem vindo a fazer sobre Gaza. Segundo dois médicos noruegueses, a aviação israelita tem usado um explosivo conhecido como DIME, um explosivo de curto alcance mas grande poder destrutivo. Na noite de terça feira mais de 50 pessoas morreram em Gaza e houve trocas de disparos entre Israel e o Líbano.

Erik Fosse e Mads Gilbert, médicos noruegueses que trabalharam na Faixa de Gaza, denunciaram a utilização por Israel de um novo explosivo, de tipo experimental, chamado DIME (Dense Inert Metal Exoplosive). Os médicos fotografaram as brutais mutilações sofridas por palestinianos e enviaram as imagens para um centro especializado na Noruega, que confirmou a utilização deste explosivo.

O DIME é uma mistura de matérias químicas (como o tungsténio) com material explosivo, que permite provocar explosões de grande impacto, com um raio de alcance relativamente curto. Regressado a Olso depois de 11 dias de trabalho em Gaza, Gilbert declarou que "há uma forte suspeita de que Gaza está a ser usada como laboratório de armas".

De resto, o exército israelita já tinha sido acusado de utilizar fósforo branco, uma arma proibida pela convenções internacionais sobre armamento. O governo israelita defendeu-se desta acusação afirmando só utilizar armas também utilizadas pelos seus parceiros militares e, de facto, os Estados Unidos utilizaram reiteradamente fósforo branco nos seus bombardeamentos sobre o Iraque.

Ao longo da noite desta terça feira, mais de 50 pessoas foram mortas em Gaza pelos ataques de Israel, tendo o número de vítimas já ultrapassado as mil. O conflito ameaça, por outro lado, alastrar a oito territórios, já que foram lançados oito "rockets" israelitas que atingiram o Líbano e também houve três rockets que atingiram Israel a partir do Líbano.

Ver também "Israel acusado de usar bombas de fósforo"

Com informações da Esquerda.net.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags