Fórumcast #20
27 de março de 2017, 16h18

João Doria diz que Lapa fica na zona norte de São Paulo

O prefeito, que diz querer ser o “zelador” da cidade, mostra mais uma vez não conhecer a capital paulista ao afirmar que a Lapa, um dos bairros mais tradicionais da zona oeste, fica na zona norte. Não é a primeira vez que o tucano mostra desconhecimento com relação ao município

Por Redação

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), desde sua campanha no ano passado afirma querer ser, além de “gestor”, o “zelador” da cidade. Os cargos de zelador e de gestor exigem um amplo conhecimento daquilo que se propõe a gestionar ou zelar, mas o tucano demonstrou, neste domingo (26), não ter uma proximidade tão grande assim com o município que administra.

Em mais um dos vídeos de teor marqueteiro de seu dia a dia, o prefeito aparece tomando café da manhã ao lado da esposa pouco antes de sair para acompanhar o “Mutirão Mario Covas”, iniciativa da prefeitura de conserto de calçadas. A operação, naquela manhã, seria feita no bairro da Lapa, um dos mais famosos e mais tradicionais bairros da zona oeste da capital. O tucano, no entanto, se equivocou e afirmou que a Lapa é na zona norte.

Veja também:  Moro diz que lei de abuso de autoridade vai gerar "temor" em policiais, juízes e membros do MP

Ao final do dia, quando postou o vídeo do mutirão, se corrigiu: “Me equivoquei pela manhã dizendo que a Lapa fica na Zona Norte, mas na verdade é Zona Oeste. Um forte abraço a todos que estão empenhados em transformar nossa cidade num lugar melhor e entendem que foi apenas um equívoco, afinal de contas, o que importa é trabalhar pelo bairro”.

Essa não é a primeira vez que Doria demonstra desconhecimento com relação à cidade. Na semana passada, o prefeito anunciou que o Modelódromo do Parque do Ibirapuera será reformado e passará a se chamar Praça Ayrton Senna. Acontece que já existe um praça com esse nome em São Paulo, na zona sul.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum