terça-feira, 27 out 2020
Publicidade

João Gabbardo, responsável por números do coronavírus, é exonerado; general assume

O Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (28) traz a publicação da exoneração do médico João Gabbardo, secretário-executivo do Ministério da Saúde. Considerado o número 2 da pasta, Gabbardo era responsável pela compilação e divulgação dos dados relativos ao Coronavírus ao lado do secretário de Vigilância, Wanderson de Oliveira.

No lugar de Gabbardo foi nomeado o general Eduardo Pazuello, que já havia sido anunciado na semana passada como número 2 e responsável pela tutela do atual ministro, Nelson Teich.

Braço-direito de Luiz Henrique Mandetta, Gabbardo já havia anunciado que deixaria o cargo por “compromisso” com o ex-ministro. “O dia em que ele sair, eu saio com ele”.

Pazuello havia dito inicialmente que integraria uma equipe de transição, ajudando Teich a nomear subordinados até “tudo se acalmar”.

Paraquedista como Bolsonaro, o general foi colocado no posto por ser “excepcional em áreas logísticas”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.