Fórumcast #20
21 de julho de 2013, 16h27

Joaquim Barbosa criou empresa nos EUA para comprar imóvel de R$ 1 mi

Apartamento de 73 metros quadrados fica em um condomínio de alto padrão em Miami

Apartamento de 73 metros quadrados fica em um condomínio de alto padrão em Miami

Por Igor Carvalho

Joaquim Barbosa criou empresa nos EUA para comprar apartamento de R$ 1 milhão (Foto: Agência Brasil)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, abriu uma empresa nos EUA para comprar um apartamento de R$ 1 milhão em Miami. A manobra visou obter benefícios fiscais no futuro e a aquisição foi feita em maio de 2012.

O apartamento poderá ser negociado pelos herdeiros de Barbosa sem custos adicionais com o fisco americano. A lei da Flórida, estado onde fica Miami, determina que quando o imóvel é adquirido por pessoa física, ao ser comercializado deixa 48% do seu valor com o governo. Porém, se a transação for feita por pessoa jurídica, não há cobrança de impostos.

Outra vantagem em adquirir o imóvel com a criação da empresa, seria o anonimato. Nos registros do Estado americano não consta o nome do ministro Barbosa, apenas a razão social da empresa, batizada como Assas JB Corp.

Veja também:  Eduardo Bolsonaro não tem apoio suficiente no plenário do Senado para virar embaixador

O imóvel tem 73 metros quadrados e fica no  22º andar de uma das três torres de um condomínio de alto padrão, na margem do rio Miami. A assessoria de Barbosa afirmou que o imóvel foi comprado “em conformidade com a lei norte-americana.”

Com informações da Folha de S. Paulo

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum