segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Joice Hasselman diz que apoiaria Bolsonaro novamente: “o PT é meu inimigo”

Joice Hasselman, deputada do PSL, rachou com o clã Bolsonaro no primeiro ano de mandato.

Mas apesar das brigas e da lavação de roupa suja da CPI das Fake News, quando foi taxada de traidora por apoiadores do governo,  Joice afirmou que ficaria ao lado do presidente novamente. “Eu apoiaria o Bolsonaro de novo. Talvez algumas afirmações que eu fiz, que não eram 100% verdadeiras, eu não teria feito e hoje me arrependo um pouco. Mas eu apoiaria ele de novo porque tínhamos dois cenários: Haddad ou Bolsonaro. E, pelo amor de Deus, eu jamais trabalharia pelo PT. O PT é meu inimigo claro, é o PT que eu vou combater”, disse ela em entrevista ao Programa Pânico, da Rádio Jovem Pan.

Joice também disse que os desentendimentos com o clã Bolsonaro não fizeram diferença em sua atuação na Câmara: “Não preciso recompor (a relação). Continuo votando 100% com as pautas do governo, 100% contra a corrupção”. Ela ainda disse que a militância pró-Bolsonaro segue manifestando insultos contra ela, mas não há arrependimentos. “Essa adoração cega, por qualquer pessoa que seja, é muito ruim. Você tem que ter os olhos críticos para olhar quem você gosta e falar que está errado e chamar atenção. Se quer insistir no erro, tudo bem. Mas eu tenho que dizer que está errado e que não foi isso que prometemos ao povo brasileiro”, insistiu a deputada

Clara Averbuck
Clara Averbuck
Escritora e jornalista, autora de 9 livros.