domingo, 27 set 2020
Publicidade

Lava Jato usou informações obtidas em grampo ilegal, diz doleiro Alberto Youssef

Em depoimento prestado à corregedoria da Polícia Federal, o doleiro Alberto Youssef confirmou que integrantes da Lava Jato usaram informações conseguidas por meio de grampo ilegal em cela durante depoimento.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Se recorda se os assuntos que o declarante e outros presos da operação Lava-Jato conversavam na cela era questionado posteriormente pelos delegados Marcio Anselmo, Erika Marena ou outro delegado que os interrogava?”, questionaram os investigadores que foram prontamente respondidos por Youssef: “com certeza”.

Segundo a Veja, Youssef afirmou que teve o direito constitucional de defesa violado pelos investigadores, mas que o ponto não foi questionado posteriormente porque tinha interesse em fechar acordo de delação premiada feito entre as partes.

O grampo foi realizado enquanto Youssef estava sob tutela de Sérgio Moro.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.