Leo Jaime pode disputar o senado em 2022

O artista deixou no ar que pode disputar uma vaga pelo estado de São Paulo, mas não revelou por qual partido

O cantor Leo Jaime usou foi às redes sociais para lançar a seguinte pergunta aos seus seguidores: “Será que eu saio para senador no ano que vem?”, perguntou.

Porém, o artista afirmou que, caso decida disputar uma vaga no Senado nas eleições de 2022, não será pelo Rio de Janeiro, pois, afirmou que no estado carioca apoia a pré-candidatura de Alessandro Molon (PSB).

“Será que eu saio para senador no ano que vem? Pelo rio não daria porque tem uma vaga e eu quero que ela seja do Alessandro Molon é não vou concorrer com ele. Por São Paulo?”, deixou no ar Leo Jaime.

Alessandro Molon será o candidato do PSB ao Senado e chapa que, no estado carioca, será encabeçada por Marcelo Freixo que vai disputar o Palácio Guanabara. Ainda não está decidido se o Partido Socialista Brasileiro vai apoiar uma candidatura à presidência da República ou lançar nome próprio.

Freixo: “vou disputar a eleição”

Para que não haja dúvida: o deputado federal Marcelo Freixo será o candidato do PSB ao governo do Estado do Rio de Janeiro. À Fórum, Freixo revelou que se filia ao PSB na próxima terça (22).

Uma nota que circulou na manhã desta quinta-feira (17) e que tratava sobre a organização da chapa em tornou de Marcelo Freixo colocou a possibilidade do deputado não estar na disputa, o que foi negado veementemente por Freixo.

Notícias relacionadas

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR