Fórumcast #20
03 de fevereiro de 2016, 12h02

Leonardo DiCaprio: “Hollywood tem sido vergonhosamente racista com a população indígena dos Estados Unidos”

Favorito ao Oscar 2016 por O Regresso, ator criticou a forma como os nativos norte-americanos são representados nos filmes. "São tratados de forma caricata como seres etéreos e espirituais", disse

Favorito ao Oscar 2016 por O Regresso, ator criticou a forma como os nativos norte-americanos são representados nos filmes. “São tratados de  forma caricata como seres etéreos e espirituais”, disse

Por Redação

Em entrevista à versão espanhola do El Pais, o ator Leonardo DiCaprio, protagonista do filme O Regresso e favorito ao prêmio de melhor ator no Oscar 2016, criticou o tratamento dado aos indígenas norte-americanos nos filmes produzidos no país.

“Hollywood tem sido vergonhosamente racista com a população indígena dos Estados Unidos. São tratados de forma caricata como seres etéreos e espirituais. Aqui estão pessoas reais que tentam sobreviver como podem. São personagens de carne e osso, honrados em muitos aspectos, mas que também têm seus defeitos”, disse.

DiCaprio já havia dedicado seu prêmio de melhor ator no Globo de Ouro, em janeiro, aos povos originários e indígenas. “Quero compartilhar este prêmio com todos os povos originários representados neste filme e todas as comunidades indígenas ao redor do mundo. É o tempo de reconhecermos a sua história e que precisamos proteger suas terras de interesses corporativos e das pessoas que estão lá fora para explorá-los. É o momento de ouvirmos suas vozes e protegermos este planeta para as gerações futuras”, afirmou na ocasião.

Veja também:  Cortes na verba das universidades federais podem afetar aulas a partir de agosto

Na entrevista ao El Pais, o ator ressaltou que O Regresso também tem um apelo à questão ambiental, ainda que não seja o principal na narrativa, e revelou ter vontade de fazer um filme a respeito do tema. “Eu faria o grande filme do nosso tempo sobre o meio ambiente, mas é muito difícil encontrar algo que não pareça forçado ou artificial. É difícil encontrar um roteiro magistral que sensibilize as pessoas sobre a degradação ambiental através desta grande arte. Não faria um filme sobre o meio ambiente à toa: ainda estou esperando o título definitivo sobre o assunto.”

Foto decapa: Divulgação


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum