Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de agosto de 2014, 15h18

Líder da Marcha da Família culpa PT pelo acidente de Eduardo Campos

Bruno Toscano Franco entra na lista de pessoas que usaram a tragédia para fazer ataques políticos ao governo federal

Bruno Toscano Franco entra na lista de pessoas que usaram a tragédia para fazer ataques políticos ao governo federal

Por Redação

Em vídeo publicado na página “Revoltados ON LINE”, o líder da Marcha da Família Bruno Toscano Franco faz declarações polêmicas envolvendo o trágico  acidente aéreo que vitimou o presidenciável Eduardo Campos na última semana. Ao lado de Marcello Reis, fundador do site, ele promete revelar detalhes de uma suposta sabotagem ao avião que transportava o ex-governador de Pernambuco em compromissos de campanha.

Apresentado como “aeronauta” e “especialista autodidata”, Bruno afirma ter feito uma “investigação paralela”, apesar de admitir que nunca esteve no local do acidente. Mesmo assim, faz duras acusações, sugerindo participação do governo federal, a quem ele se refere como “safado, cretino e bandido”. “Em plena campanha política, cai o avião do Eduardo Campos, que estava tirando votos do PT no Nordeste”, enfatiza.

Além disso, o líder da Marcha da Família faz ainda uma relação entre esse e outros acidentes que ocorreram no país nos últimos anos, inclusive com aviões das empresas GOL e TAM. Segundo ele, haveria um esforço em esconder provas e manipular a mídia sobre o que, de fato, poderia ter acontecido. “Tem dedo desse governo nos dois acidentes”, declara.

Bruno se diz perseguido por vir a público contar a “verdade” sobre casos como a morte de Eduardo Campos. “Estão praticando terrorismo. Nós sabemos que essa turma que está no governo hoje foi para Cuba, foi para a Argélia, foi para a África fazer treinamento de guerrilha urbana, guerrilha na selva, essas coisas todas. Isso é terrorismo puro”, acredita.

No vídeo, os dois recebem um suposto técnico em manutenção – que esconde a identidade atrás do codinome “Míssil” –, responsável por dar explicação sobre o que poderia ter ocasionado a queda da aeronave de Campos. Durante a conversa, dão a entender que a caixa-preta teria sido desativada manualmente, de forma proposital. Marcelo ressalta que a intenção da “investigação” feita por eles é descobrir se o caso se trata de acidente ou de um assassinato.

Na semana passada, Olavo de Carvalho e a candidata a deputada estadual pelo PSDB paulista, Dany Schwery, também aproveitaram a tragédia para atacar Dilma, culpando-a pelo acidente.

Assista ao vídeo na íntegra aqui.

Foto de capa: YouTube


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum