Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de março de 2017, 16h26

Líder do MST no Pará é morto por homens encapuzados dentro de hospital

Waldomiro Costa Pereira estava na UTI há dois dias, após sofrer um ataque dentro do próprio sítio.

Waldomiro Costa Pereira estava na UTI há dois dias, após sofrer um atentado no sítio em que morava

Por Redação

Nesta segunda-feira (20), um grupo de homens invadiu o Hospital Geral de Parauapebas, no Pará, e assassinou a tiros Waldomiro Costa Pereira, um dos principais líderes do Movimento dos Sem Terra (MST) no estado.

A vítima, que também assessorava o gabinete da Prefeitura, estava na UTI há dois dias, após sofrer um atentado dentro do próprio sítio.

Por volta das 2h30, os vigilantes foram rendidos por cinco homens armados e encapuzados que chegaram em duas motocicletas. Três deles entraram no prédio e efetuaram o ato, que durou cerca de três minutos, de acordo com testemunhas.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde declarou que irá disponibilizar todas as imagens do circuito interno de gravação do hospital para as autoridades. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.

Foto: Reprodução

Veja também:  Conselho de Ética instaura processo contra o deputado Boca Aberta por quebra de decoro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum