Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de outubro de 2019, 22h16

Líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir chama Flávio Bolsonaro de “bandido de estimação”

A afirmação foi em represália à notícia de que Bolsonaro está agindo nos bastidores para retirar o líder do partido e colocar no lugar seu filho Eduardo

Foto Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Embora Jair Bolsonaro tente minimizar, a briga e a possibilidade de rompimento com o PSL ganham novos capítulos a cada dia. O líder do partido na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO), disse, nesta quarta-feira (16), que Flávio Bolsonaro não pode ser o bandido de estimação do país.

“O Brasil não pode ter nenhum bandido de estimação. Por exemplo, o filho do presidente. Então, seria importante ser transparente, né? Ele é o presidente do PSL no Rio de Janeiro”, declarou. Waldir defendeu que a Polícia Federal (PF) deve investigar todos.

“Infelizmente nós temos uma decisão agora da justiça que impede o levantamento das informações”, disse o Delegado Waldir, se referindo à decisão de Gilmar Mendes, que mandou suspender as investigações que ligam Flávio ao esquema do ex-assessor Fabrício Queiroz.

O comportamento de Waldir foi em represália à notícia de que Bolsonaro está agindo nos bastidores para retirar o líder do PSL na Câmara e colocar no lugar seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

“Bola de cristal”

Para o deputado e ainda líder do partido, existe a chance de Bolsonaro ter informações privilegiadas a respeito de operações policiais. “Parece que o presidente tem bola de cristal”. Ele fez alusão ao fato de que poucos dias antes da operação da PF atingir o presidente do partido, Luciano Bivar (PE), Bolsonaro atacou o PSL.

Com informações do Congresso em Foco

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum