Fórumcast #20
30 de março de 2017, 09h38

Lula é o político mais popular do país, de acordo com pesquisa Ipsos

Mesmo com a perseguição implacável que sofre de vários setores do poder, o ex-presidente Lula aparece disparado à frente de outros políticos.

Mesmo com a perseguição implacável que sofre de vários setores do poder, o ex-presidente Lula aparece disparado à frente de outros políticos.

Da Redação com Informações do Colunista José Roberto de Toledo

Nunca antes na história desse país um político apanhou tanto. A perseguição é da imprensa, Ministério Público, Polícia Federal, Congresso, enfim, de todas as partes. Tudo isso, no entanto, não consegue esconder o óbvio. Lula é, mesmo depois de 7 anos longe da presidência, o político mais popular do Brasil.

É o que aponta pesquisa Ipsos, divulgada nesta quinta-feira, que também revelou que o Fora Temer unifica o Brasil (leia aqui) e que os presidenciáveis tucanos estão entre os políticos mais reprovados do Brasil (leia aqui).

“Entre 20 políticos testados na pesquisa Ipsos, Lula tem a maior taxa de aprovação: 38%. Com 59% de desaprovação, ele está longe da unanimidade que sonhou ser, mas ganhou sete pontos positivos desde fevereiro. Nenhum outro filiado a partido é mais aprovado do que o petista. Aprovação maior, só de nomes do Judiciário”, informa o jornalista José Roberto de Toledo (leia mais aqui).

Veja também:  Procurador que chamou Bolsonaro de bunda-suja é punido pelo CNMP

Lula fica bem à frente de outros presidenciáveis. “João Doria é o tucano mais bem colocado no ranking do Ipsos: 45% desaprovam sua atuação, 16% aprovam e 39% dos brasileiros não o conhecem o suficiente”, informa Toledo. “Marina Silva (Rede) tem 62% de desaprovação e 23% de aprovação. Já o ex-militar Jair Bolsonaro (PSC) é desaprovado por 52% e aprovado por 14%.”

Entre os potenciais presidenciáveis, apenas Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, aparece à frente de Lula, com 51% de aprovação.

 

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum