Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de agosto de 2019, 19h23

Lula sobre ‘véio’ da Havan: “Parece o Louro José. Qualquer dia a Ana Maria coloca ele em cima da mesa”

Em entrevista, Lula criticou a ausência de lideranças empresarias comprometidas com o país e ainda destacou que, se voltasse à presidência, atuaria para mudar a condução do BNDES

Lula e Luciano Hang, trajado de "Louro José" | Montagem

Luciano Hang, o chamado “véio da Havan”, foi ironizado pelo ex-presidente Lula em entrevista concedida ao jornalista Bob Fernandes, exibida nesta sexta-feira (16) na TVE Bahia. Ele comparou o dono da Havan, um dos mais fiéis bolsonaristas do varejo, com o papagaio Louro José, mascote da apresentadora Ana Maria Braga, ao criticar a ausência de empresários comprometidos com o desenvolvimento nacional.

“Eu sou de um tempo que o Brasil tinha grandes empresários, que eram lideranças importantes. Hoje você não tem. O grande empresário hoje é o Louro José, aquele da Havan [Luciano Hang], que aparece de paletó verde e gravata amarela. Qualquer dia a Ana Maria Braga pega ele e coloca em cima da mesa. Eu fico me perguntando onde estão os grandes empresários comprometidos com esse país?”, declarou o ex-presidente.

O Facebook silenciou a Fórum. Censura? Clique aqui e nos ajude a lutar contra isso

Lula criticava a financeirização da economia brasileira, marcada pelo rentismo e pela ausência de um setor industrial de destaque. “O problema do sistema financeiro do Brasil é que a economia hoje está totalmente financeirizada. Ou seja, quando se fala em mercado não se fala nem na produção industrial, se falam nos bancos, se fala no rentismo. Onde estão os empresários brasileiros?”, disse.

O ex-presidente criticou também o papel do BNDES no desenvolvimento do país e afirmou que os rumos do banco devem ser mudados. “Se eu voltasse à presidência, o BNDES não ia mais ser um banco para financiar os grandes empresários. Ele deve ser um avalista dos empresários e os empresários que vão buscar dinheiro mais barato no Japão, na Alemanha, nos Estados Unidos, aonde tivesse. Para que o dinheiro do BNDES pudesse ser utilizado para gente poder fazer investimento em pequenas e médias empresas”, avaliou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum