Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de setembro de 2016, 18h02

Lula volta a divulgar documentos para desmontar tese do MPF

O ex-presidente foi denunciado pelo Ministério Público Federal nesta quarta-feira (14) por, supostamente, ter recebido vantagens ilícitas em um apartamento no Guarujá

Por Redação

O ex-presidente Lula voltou a postar em seu perfil oficial do Facebook, no final da tarde desta quarta-feira (14), uma nota escrita em janeiro pelo Instituto Lula chamada “Os documentos do Guarujá: desmontando a farsa”, em que ele nega que seja dono de um triplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

Lula disse que esteve apenas uma vez no edifício e que jamais dormiu uma noite no apartamento.

“Desde 30 de janeiro de 2016, Lula tornou públicos os documentos que PROVAM que ele não é o dono de nenhum apartamento no Guarujá. Lula esteve apenas uma vez no edifício, quando sua família avaliava comprar o imóvel. Jamais foi proprietário dele ou sequer dormiu uma noite no suposto apartamento que a Lava-Jato desesperadamente tenta atribuir ao ex-presidente”, diz a nota.

Leia a nota do instituto: Os documentos do Guarujá: desmontando a farsa

A denúncia do MPF também inclui os nomes da ex-primeira dama Marisa Letícia, do presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro. Os outros quatro denunciados são pessoas ligadas à empreiteira: Agenor Franklin Magalhães Medeiros, Paulo Roberto Valente Gordilho, Fábio Hori Yonamine e Roberto Moreira Ferreira.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum